.

Alt
Nobel de Economia vence o prémio com o livro ‘O Euro’

 

De dois em dois anos, as Conferências do Estoril distinguem um trabalho escrito que contribua com novas análises e pensamentos originais sobre os problemas inerentes à globalização, ajudando o mundo a entender melhor os seus riscos mais relevantes e os desafios da ação coletiva.

Na edição de 2017, o júri, composto por representantes dos vários parceiros académicos das Conferências do Estoril, escolheu o livro ‘O Euro e a sua ameaça ao Futuro da Europa’ da autoria do Prémio Nobel da Economia, Joseph Stiglitz.

O autor irá, por isso, estar presente na próxima edição das Conferências do Estoril, na cerimónia de atribuição do prémio, para uma intervenção sobre o livro e sobre o tema principal das Conferências do Estoril.

“Em O Euro, o economista, vencedor do Prémio Nobel e autor de bestsellers Joseph Stiglitz desmonta o consenso acerca do que aflige a Europa, destruindo os campeões da austeridade e oferecendo uma série de planos que podem salvar o continente de uma maior devastação. Como Stiglitz argumenta, persuasivamente, a estagnação e as perspetivas sombrias que recaem sobre a Europa são um resultado direto do nascimento defeituoso do euro e, desde então, a integração económica ultrapassou a integração política, fazendo piorar a situação. Stiglitz mostra como a estrutura atual ativamente promove a divergência e não a convergência. Torna claro o mandado ‘apenas-inflação’, desacertado, do Banco Central Europeu e explica como as políticas da zona euro, especialmente dirigidas aos países em crise expuseram, ainda mais, os defeitos do projeto.

A questão, então, é: pode o euro ser salvo? Stiglitz descreve três caminhos possíveis: reformas fundamentais na estrutura da zona euro e nas políticas impostas aos países membros; um fim bem gerido da experiência da moeda única ‘euro’; ou um corajoso novo sistema intitulado ‘euro flexível’.

Qualquer um destes caminhos necessitaria de uma cooperação e vontade política bem maiores do que aquelas que os líderes da zona euro encontraram até agora; mas a alternativa seria uma dissolução desordenada e uma crise política ainda pior do que aquela que o continente sofreu até agora.

Este importante livro, escrito por um dos maiores economistas do mundo, aborda a crise do euro numa escala intelectual maior do que qualquer um dos seus predecessores.”

Com este prémio, Joseph Stiglitz junta-se ao grupo de vencedores do Estoril Global Issues Distinguished Book Prize, que inclui os autores Francis Fukuyama, Niall Ferguson, Charles Beitz,Muhammad Yunus e Paul Collier.